Sentimentos animais e a mentira no homem

Os animais têm sentimentos, assim como o ser humano. O que os diferencia dos homens é que eles  têm sentimentos, enquanto o homem tem liberdade sobre os sentimentos e, por este motivo, tem algo chamado consciência moral.

É por isso que não faz nenhum sentido conceder moralidade aos sentimentos dos animais, (exceto por analogia) porque não há liberdade neles. Ter compaixão pelos animais é algo que só o homem poderá fazer. E é por este motivo que um embrião humano, mesmo com poucas chances de efetivar-se, vale infinitamente mais do que mil cãezinhos carentes.

Logo, parece-nos, agora, bastante óbvio que: enquanto houver qualquer ameaça de legalização do aborto, não haverá justificativa humana moralmente aceitável para qualquer empenho ou preocupação maior no cuidado de animais do que com o assassinato infantil.

Quem dá aos sentimentos animais um caráter de sentimento moral, torna-os artificialmente (projetivamente) capazes de dar aos homens lições de moralidade. Além disso ser impossível, produz outro efeito: rebaixa o homem à condição animal, transformando-o numa vítima dos seus sentimentos. Há quem faça toda essa “operação mágica” sem perceber, apenas seguindo seus sentimentos. Portanto, não fazem do ser humano um animal, mas têm sucesso em fazer isso deles mesmos.

Se o animal não tem liberdade ele obviamente não é sujeito de livre-arbítrio, conceito chave para a formação filosófica da ideia de liberdade civil, que por sua vez, origina a noção de direitos. “Direitos dos animais” é uma analogia forçada que teima em fingir que esqueceu a sua condição de analogia.

Tudo isso parece-nos bastante óbvio. Mas pensar em coisas óbvias e no quanto algumas são inegociáveis, pode ser um bom exercício para não nos deixarmos levar pela atual cultura da mentira, já que a mentira é a maior arma contra a consciência moral do homem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s